Rússia suspende importação da carne de Mato Grosso


Fonte: Repórter MT

O Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia (Rosseljoznadzor) proibiu nesta terça-feira (7) a importação de carne bovina de Mato Grosso e tambémd e MInas Gerais devido a constação de casos da doença vaca louca nos dois estados. A suspensão russa ocorre após a China ter barrado a importação dos dois estados.

A determinação veta a importação de gado vivo, sangue ou derivado, carne e vísceras, assim como a ração produzida a partir da carne em Minas Gerais.

O Rosseljoznadzor impôs medidas semelhantes para a carne procedente do Mato Grosso, com a diferença de que as restrições valem para animais com mais de 30 meses.


Os casos de vaca louca foram registrados em frigoríficos de Nova Canaã do Norte, no Mato Grosso e de Belo Horizonte, Capital de Minas Gerais.


Os dois casos de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB) atípica - um em cada estabelecimento - foram detectados durante a inspeção ante-mortem. Trata-se de vacas de descarte que apresentavam idade avançada e que estavam em decúbito nos currais.

Estes são o quarto e quinto casos de EEB atípica registrados em mais de 23 anos de vigilância para a doença. O Brasil nunca registrou a ocorrência de caso de EEB clássica.

A expectativa, no entanto, é que a interrupção na exportação para a China não ultrapasse 15 dias.

Em 2019, Mato Grosso também registrou um caso de EEB, quando também houve suspensão das exportações. Naquela ocasião, a interrupção foi de apenas 10 dias.

Atualmente, 75% da carne produzida no Brasil fica no país, enquanto apenas 25% é exportada.

*Com informações R7

2 visualizações0 comentário