Qualidade e eficiência marcam reconstrução da Vila Cuiabana e população terá estrutura definitiva


Por Allana Alfonso

O trabalho de excelência aplicado pela Prefeitura de Cuiabá nas obras de sua responsabilidade está mais uma vez em evidência. Agora, a constatação pode ser feita da reconstrução da Vila Cuiabana, na Orla do Porto, que está com o processo de levantamento das fachadas na reta final e deve ser concluída ainda neste ano. A obra é coordenada pela Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb) e recebe o investimento de R$ 1.151.791,16.

Situada na Avenida Beira Rio, às margens do Rio Cuiabá, a Vila Cuiabana foi totalmente refeita a partir de uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro. Agora, a cenografia que representa os antigos casarões coloniais da Capital é totalmente composta por materiais de alvenaria, garantindo uma estrutura definitiva e segura à população. No local, todas as paredes já foram levantadas, modeladas e pintadas, conforme as características originais.

“Já neste ano poderemos liberar a toda essa fachada para contemplação e outras atividades de lazer. O cuiabano vai poder realmente se orgulhara dessa estrutura que conta um pouco da história da nossa amada Cuiabá. Estamos preparando a entrega de uma Vila Cuiabana com qualidade e que, com as devidas manutenções, se consolidara como um cartão postal e ponto turístico da cidade”, explica o prefeito Emanuel Pinheiro.

A intervenção da Vila Cuiabana se fez necessária, principalmente, por conta da insegurança que o local apresentava aos frequentadores, inclusive com risco de queda. Tal situação é oriunda da utilização de material impróprio para esse tipo de obra durante sua construção. Entregue em 2016, a estrutura foi levantada com madeira de compensado que, por conta de sua fragilidade, se deteriorou com o tempo.

“Em 2017, a gestão Emanuel Pinheiro assumiu o primeiro mandado à frente da Prefeitura de Cuiabá e, identificou esse problema com a Vila Cuiabana. Durante um longo período, foram executadas várias manutenção, não sendo suficientes. A partir disso, recebemos a missão de reconstruir esse espaço, com o padrão de qualidade que a população merece”, conclui o diretor-presidente da Limpurb, Vanderlúcio Rodrigues.

0 comentário