Profissionais da Educação de VG protestam contra retorno presencial das aulas: “não estamos seguros”


FONTE:VGNOTICIAS

Profissionais da Educação de Várzea Grande protestam nesta segunda (02.08), contra o retorno presencial das aulas em Mato Grosso. O protesto é feito em frente a Igreja Batista Nacional, no município, onde acontece uma aula inaugural na modalidade no ensino híbrido, com a presença do secretário estadual de Educação, Alan Porto.

Em ato organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público, a categoria cita o alto risco de contaminação pela variante Delta da Covid-19 e afirma que o retorno não é seguro.


Os profissionais também relatam que diferente do anunciado pelo Governo do Estado, as escolas estaduais não receberam manutenção e não têm condições de receberem alunos com segurança. “É mentirosa a fala do Governo de que a rede estadual, que possui mais de 700 unidades, está preparada para o retorno das aulas presenciais, é uma mentira, eles não investiram, eles economizaram durante todo este tempo e não investiram nas escolas. Na realidade, quem gastou bastante neste período foram nós, porque desde agosto do ano passado, a maioria de nós teve que comprar equipamentos e uma internet melhor, os pais e mães que gastaram com filhos em casa, e eles economizaram, não investiram. Então estamos aqui para denunciar que este não é um momento seguro, nem para nós profissionais da educação, nem para nossos estudantes e nem para seus familiares” disse Marivone, representante do Sintep/MT.

0 comentário