Primeira-dama de Várzea Grande promove Bazar do Bem e renda será revertida para o Lar dos Idosos


A primeira-dama de Várzea Grande, a Promotora de Justiça Kika Dorilêo Baracat, já está nos preparativos de mais uma grande ação social que será realizada no município - o Bazar do Bem – que terá toda a renda revertida para o Lar ‘São Vicente de Paula’, onde residem 64 idosos entre homens e mulheres. “Estamos conclamando a população várzea-grandense para que nos ajude neste evento que tem por objetivo proporcionar ao Lar dos Idosos melhores condições, além de ajudar no custeio de alimentos e medicações. Estamos recebendo doações de roupas adulto e infantil, masculina e feminina, sapatos, acessórios em bom estado, e produtos novos e que você não utiliza, mas que podem fazer a diferença na vida de uma outra pessoa”, explicou Kika Dorilêo. A primeira-dama destacou que o lar dos idosos, assim como outras instituições sociais, recebem recursos da Prefeitura Municipal, porém as necessidades se tornaram ainda maiores com a pandemia da covid-19, que impactou a vida de muitas pessoas que acolhiam o lar com suporte financeiro, alimentação e medicamentos. “Por isso é importante que todas as pessoas que possam ajudar, abrace essa causa”, disse Kika Dorilêo , destacando ainda que o local do bazar ainda não foi definido, mas o evento será realizado ainda na primeira quinzena do mês de dezembro. Parceira da ação, a Secretaria de Assistência Social é um dos pontos de arrecadação. Como explica a titular da pasta, Ana Cristina Vieira, as doações podem ser feitas no local até o dia 24 de novembro, porém se as pessoas, por falta de tempo ou logística, não puderem fazer a entrega, a secretaria já preparou uma equipe para fazer a busca do material a ser doado. “Basta ligar para o celular (65) 9 9991.3501 passando seus dados e endereço que iremos ao seu encontro”. Ana Cristina disse ainda que o bazar estará repleto de peça especiais, e que a primeira-dama Kika Dorilêo tem se mobilizado nas redes sociais conclamando a população para essa corrente do bem. “Em meio a tantas adversidades, o povo brasileiro sempre foi sensível à causa social, e a população várzea-grandense também tem se mostrado participativa, por isso não tenho dúvidas de que o Bazar do Bem será um sucesso”, pontuou a secretária.

0 visualização0 comentário