Prefeitura de MT vai cortar o ponto de servidores que faltaram serviço para acompanhar o Presidente


fonte: G1

A Prefeitura de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, vai cortar o ponto dos servidores que faltaram ao serviço para participar de visita do presidente Jair Bolsonaro (PL) nesta terça-feira (19). No entanto, o município descartou a aplicação de penas administrativas aos servidores.

Além do desconto do dia não trabalhado, a Prefeitura de Várzea Grande não descarta cobrar dos faltosos os prejuízos causados ao municípios devido à falta do servidor.

Segundo a prefeitura, o município respeitará o princípio do contraditório e ampla defesa antes da aplicação de qualquer pena, segundo previsão em lei, destacou o município.

Bolsonaro cumpriu agenda em Cuiabá e Várzea Grande nesta terça. O presidente foi recebido por apoiadores no Aeroporto Marechal Rondon. Depois passou por avenidas de Várzea Grande e da capital.

O presidente participou de abertura da Marcha para Jesus 2022. Em seguida, acompanhou a formatura de militares no Comando Geral da Polícia Militar.

Por último, participou de culto da 45ª Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, realizada no Santuário Grande Templo, na Avenida do CPA.

0 comentário