Polícia divulga imagens de quitinete onde adolescente de 13 anos foi mantida após sequestro em MT


fonte:G1

A Polícia Civil divulgou, nesta quinta-feira (12), imagens da quitinete onde Maria Eduarda Barbosa Nogueira, de 13 anos, foi mantida em cativeiro após ter sido sequestrada por duas irmãs, de 23 e 19 anos, em Comodoro, a 677 km de Cuiabá. A adolescente estava desaparecida desde segunda-feira (9) e foi encontrada um dia depois.

De acordo com a polícia, Maria Eduarda estava sendo mantida em cárcere privado dentro de uma quitinete na região central de Campos de Júlio, a77 km de Comodoro.

A polícia conseguiu localizar a adolescente. No endereço, os agentes surpreenderam as duas irmãs. Na casa também havia um bebê de 9 meses, filha da jovem de 19 anos. De acordo com a Polícia Civil, o local era sujo e não havia estrutura — Foto: Reprodução/PJC Ainda segundo a Polícia Civil, havia muita sujeita na quitinete. O ambiente era insalubre e sem estrutura para moradia. Havia apenas um colchão no chão para as quatro pessoas dormirem. Conforme a investigação, a jovem de 19 anos foi peça fundamental para esclarecer o crime, já que foi ela quem deu suporte à ação criminosa e alugou a casa para que elas ficassem escondidas. Após libertarem a adolescente e entregá-la aos pais, os policiais conduziram as duas irmãs para a delegacia, onde foram interrogadas e autuadas em flagrante. Já a criança de 9 meses, acompanhada do Conselho Tutelar, ficou sob os cuidados do avô materno. Entenda o caso Maria Eduarda estava desaparecida desde segunda-feira (9), em Comodoro, a 677 km de Cuiabá, e foi resgatada um dia depois pela Polícia Civil. Ela havia sido sequestrada e foi localizada em uma quitinete em Campos de Júlio. Segundo a polícia, a adolescente havia ido a um supermercado de Comodoro para fazer compras junto com a mãe dela na segunda-feira (9), uma vez que elas moram na zona rural, em uma fazenda. No mercado, Maria avisou a mãe que iria ao banheiro e depois não foi mais vista. A mãe dela acionou a polícia ao perceber o desaparecimento e, de imediato, as equipes começaram as buscas pela filha. De acordo com a investigação da polícia, a adolescente tinha sido aliciada pela jovem de 23 anos para ir até Juína (MT). Elas pegaram um táxi e foram até a casa onde foram encontradas. Ainda não há informações sobre a motivação do crime.

0 comentário