Piloto que morreu em queda de avião tentava pousar em pista improvisada de fazenda em MT


FONTE:G1

O piloto que morreu na queda de um avião agrícola em Nova Bandeirantes, a 997 km de Cuiabá, na sexta-feira (29), tentava pousar em uma pista improvisada dentro de uma fazenda particular da região, conforme o boletim de ocorrência. Na queda, além de Marcos Corte Gonçalves, 32 anos, o técnico agrícola Milton Avelino da Silva Neto, de 26 anos, morreu.

De acordo com relatos de testemunhas à polícia, Marcos tentou pousar duas vezes na região e, na terceira tentativa, a aeronave perdeu motor e caiu na mata.

Trabalhadores rurais deram início às buscas ainda no fim da tarde sexta-feira, mas não conseguiram localizar as vítimas.

No dia seguinte, familiares e amigos retomaram as buscas logo pela manhã e conseguiram encontrar o avião, assim como os corpos do piloto e do passageiro.

A aeronave caiu aos fundos da Fazenda Nossa Senhora Aparecida, a cerca de 50 km da zona urbana. A empresa Serrana Aviação Agrícola, proprietária do avião, informou que o piloto Marcos era de Mato Grosso do Sul, para onde o corpo foi levado. Já o técnico Milton era de Nova Bandeirantes.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), de Sinop esteve no local. As causas do acidente ainda são investigadas.

0 comentário