O Brasil deixará de ser um país importador de vacinas para ser um produtor de vacinas


Fonte:secomvc

O Brasil deixará de ser um país importador de vacinas para ser um produtor de vacinas, garantiu o Ministério da Saúde. A mudança favorecerá tanto a população brasileira como a de diversos países do mundo.

Entre as ações para esta transição estão o acordo firmado entre a Pfizer e a brasileira Eurofarma para produção do imunizante contra a Covid-19 da farmacêutica americana no Brasil a partir de 2022. O Governo Federal também assinou acordo de transferência de tecnologia com a AstraZeneca para possibilitar que a Fiocruz produza vacinas com ingrediente fabricado em território nacional.

Ministério da Saúde / SecomVc

0 comentário