MPF investiga perda de doses de vacina contra a covid-19 em MT


Fonte:reportermt

O Ministério Público Federal em Mato Grosso (MPF) determinou a investigação sobre a perda de doses de vacina contra a covid-19 que teria ocorrido em Mato Grosso. Segundo o procurador Everton Pereira Aguiar Araújo, tratam-se de 320 doses, que seriam destinadas ao Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) do Xingu, localizado em Canarana (605 km de Cuiabá). A determinação de investigação, por meio de inquérito civil, foi publicada no Diário Eletrônico do Ministério Público desta terça-feira (3). A perda das 320 doses destinadas aos indígenas do Xingu já estava sendo investigada pelo Ministério da Saúde desde meados de março. Depois que a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) divulgou o caso, a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES-MT) também informou que investigada o que aconteceu. Conforme o Ministério da Saúde, à época, a suspeita era que teria havido falha no armazenamento das doses, com variação na temperatura de conservação dos imunizantes. Com isso, as doses tiveram que ser inutilizadas. O entrou em contato com a Secretaria de Saúde para saber sobre a investigação e o andamento da vacinação dos indígenas do Estado, mas não teve retorno até a publicação da matéria. Já de acordo com o painel de vacinação do Ministério da Saúde, em Mato Grosso, mais de 37,9 mil indígenas foram vacinados contra a covid-19. Desses, pouco mais de 16,8 mil já receberam as duas doses da vacinação. Pelo Plano Nacional de Imunização, os indígenas foram um dos prioritários no recebimento das doses. A população indígena de Mato Grosso apta à vacinação é de pouco mais de 42 mil pessoas.



0 comentário