'Meia dúzia’ de sindicalistas faz protesto para não voltar ao trabalho


FONTE:REPORTERMT

‘Meia dúzia’ de filiados ao Sindicato Sindicado dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep MT) foram para as ruas de Várzea Grande protestar contra a volta das aulas presenciais em todo o Estado, marcada para esta terça-feira (03), conforme anunciou o governador Mauro Mendes (DEM) na última segunda-feira (26).

Mauro explicou que de início as aulas presenciais vão funcionar de forma híbrida, revezando os alunos em sala de aula, de tal forma não aglomerar estudantes e professores. Esclareceu ainda a importância de continuar com todas as medidas de biossegurança que já são praticados pela população.

No entanto, ainda assim, pouquíssimos sindicalistas estão nas ruas com cartazes questionando a volta às aulas e se colocando contra.


Chama atenção a baixa adesão de professores no protesto, o que sugere que a maioria da própria categoria entende a importância do retorno ao ensino presencial e queira voltar. De modo a deixar essas manifestações enfraquecidas.

0 visualização0 comentário