Imunização contra Covid-19: Mutirão “Sextou Vacina VG” segue até meia noite


Fonte:secomvg

A Secretaria de Saúde de Várzea Grande realiza nesta sexta-feira (10.09) o mutirão da vacinação “Sextou Vacina VG", no Ginásio Poliesportivo Fiotão, que que iniciou às 8h da manhã e indo até meia noite.

É esperado neste dia cerca de 8 mil pessoas para serem vacinadas

Segundo o secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo de Barros, a maioria do público previsto para esse mutirão está na faixa de 40 anos acima, que ainda não se vacinou nem na primeira dose e nem na segunda dose, porém não vai haver restrição de idade, desde que obedecidos os intervalos mínimos estabelecidos de uma dose para outra.


“Quem estiver nesses prazos, independentemente da idade, respeitando os contemplados de 18 anos acima, poderão se vacinar com a segunda dose, e com a primeira quem ainda não conseguiu se cadastrar”, declarou.

A Secretaria de Saúde informou que as pessoas acima de 18 anos, mesmo sem cadastro podem comparecer de forma espontânea, que as equipes, vão cadastrar e a vacina será aplicada. Já as pessoas que perderam prazos da segunda dose também poderão se dirigir ao Fiotão, porém observados os intervalos, para quem tomou a primeira dose da AstraZeneca/Oxford há 70 dias ou mais; para quem recebeu a primeira dose de CoronaVac/Butantan há 28 dias ou mais; e para quem tiver tomado a primeira dose do imunizante Pfizer/BioNTech há 70 dias ou mais.

A orientação é imunizar quem tem mais de 18 anos e ainda não iniciaram o ciclo vacinal, além das pessoas cadastradas e confirmadas. Documentos necessários para o mutirão ‘Sextou Vacina VG’: - Para receber a primeira dose, é necessário apresentar um documento de identidade original, com foto, CPF, e comprovante de residência. - Para receber a segunda dose basta levar a carteira de vacinação com o registro da primeira dose. Em caso de perda ou extravio, se dirigir às equipes do cadastro, que estarão disponíveis para solucionar o caso e dar acesso à vacina. Levar documento original com foto e CPF.

0 comentário