Hospital Regional de Sorriso volta a funcionar após denúncias do deputado Ulysses Moraes e vereadore


FONTE:ALMT

Na última sexta-feira (10), o deputado Ulysses Moraes realizou uma fiscalização no Hospital Regional de Sorriso e constatou que as alas entregues há quase 30 dias pelo governo de Mato Grosso ainda não estavam funcionando. O parlamentar foi até o local e viu os leitos completamente vazios e sem atendimento aos pacientes. Logo após a intensa cobrança do parlamentar, as novas alas foram ativadas no domingo (12). Vale ainda destacar que com essa fiscalização com resultados, Moraes mostra que já está fazendo a diferença no município de Sorriso. O deputado inclusive já destinou R$ 700 mil em emendas para a cidade. Foram R$ 300 mil para aquisição de computadores para as escolas municipais de Sorriso, mais R$ 200 mil para aquisição de materiais esportivos à Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. Além de R$ 200 mil que já haviam sido destinados em maio para saúde. “Muitas pessoas estavam reclamando que a entrega das alas do Hospital Regional de Sorriso havia sido feita, mas que não estavam funcionando. Então, fomos lá conferir isso de perto e, realmente, os leitos estavam vazios e sem atendimento na última sexta-feira (10). Mas graças as nossas intensas cobranças, as alas inauguradas há quase um mês foram finalmente ativadas no domingo (12)”, disse o parlamentar. O deputado Ulysses Moraes realizou a fiscalização em conjunto com o vereador de Sorriso, Diogo Kriguer e ambos foram informados pela gestora do hospital que na ocasião da fiscalização, os leitos antigos estavam lotados. “Adentramos as alas para conferir se os equipamentos estavam funcionando e vimos que as enfermarias, Unidades de Tratamentos Intensivos (UTIs) e outros ambulatórios não estavam. Foi feito uma grande festa de inauguração há quase um mês, mas não foi entregue para população e nem ativado. E mais, o pronto atendimento não teve reforma, os corredores continuam cheios de macas espalhadas para todo lugar, ou seja, fizeram a propaganda como uma grande reforma, mas a história não é bem essa”, destacou Moraes. “Isso só mostra que uma boa fiscalização dá bons resultados. A população de Sorriso precisava imediatamente dessa ativação das alas. No dia dessa fiscalização tinham ainda dois pacientes na fila, esperando por um leito, enquanto isso novos leitos estavam vazios. Não dá para entender. Quem foi no hospital até a semana passada viu que não tinha nada funcionando. Mostramos a fiscalização ao vivo na sexta-feira (10) e dessa vez, após fortes cobranças a resposta foi rápida.”, finalizou o deputado.


0 visualização0 comentário