Figuras lendárias de Várzea Grande são destaques durante evento da Semana do Folclore


A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, por meio da Superintendência de Cultura, em parceria com a Associação das Manifestações Folclóricas de Mato Grosso (AMFMT), promoveu entre os dias 23 e 26 de agosto a Semana do Folclore. O evento, realizado na sede da AMFMT, contou com uma programação extensa, incluindo apresentações de siriri, reza cantada, cururu e contações de história. A humorista comadre Nhenho também participou do evento.

Um dos momentos importantes do evento foram as apresentações de figuras lendárias, que fazem parte do imaginário popular de Várzea Grande, entre elas o Minhocão do Pari, a Mãe de Ouro, o Boi à Serra e a Ema.

O superintendente de Cultura, Joilson Marcos da Silva, ressaltou que o Dia do Folclore é celebrado em 22 de agosto e eles não poderiam deixar passar em branco uma data tão importante para a cultura várzea-grandense. “Nossa cidade é tão rica de cultura e essas figuras lendárias fazem parte dela. Promover um evento como esse é manter viva a nossa história e a nossa cultura”.

Conforme explica o presidente da AMFMT, Gustavo Saturnino de Campos, a ideia de promover a semana do folclore foi resgatar e apresentar para a comunidade, principalmente às crianças, a importância do folclore e da cultura mato-grossense. “A cultura mato-grossense tem influência de várias origens como africana, portuguesa, espanhol e indígena. Essas variações ganham expressões na dança, no canto e no folclore, e diferentes localidades do nosso estado cultuam algumas dessas manifestações, principalmente a baixada cuiabana. A AMFMT tem por missão manter o folclore vivo na memória das pessoas”.



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo