Adolescente é hospitalizada após morador despejar produto tóxico na rua em MT


Fonte: G1

Uma adolescente foi hospitalizada depois que um morador despejou um produto tóxico na rua do bairro onde mora em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, na última quarta-feira (20). O suspeito de jogar o produto no local foi preso.

A Polícia Civil informou que recebeu a denúncia da mãe da adolescente. Ela contou aos policiais que a filha sofreu intoxicação devido ao cheiro forte do produto despejado na rua. Segundo a polícia, em depoimento, o homem explicou que adquiriu os tanques da substância já contaminados e que não sabia que tipo de produto estava no contêiner. Ele disse aos policiais que iria reaproveitar os reservatórios para armazenar água. Então, com a ajuda de outras pessoas, jogou o resto da substância na rua. Tanques onde eram armazenados agrotóxicos foram comprados por morador em Tangará da Serra (MT) Todos os moradores da região passaram mal, incluindo a adolescente que, apesar de estar dentro de casa, foi intoxicada e precisou de atendimento médico. O atual estado de saúde dela não foi informado. Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para fazer a limpeza da e evitar que o produto se alastrasse. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) também recolheu parte do produto para avaliação. Bombeiros fizeram a limpeza do local para evitar que o produto tóxico se espalhasse. O engenheiro agrônomo Danilo Morel pinto explicou que reaproveitar reservatórios que armazenam agrotóxicos é proibido e pode causar riscos à saúde. "Há uma lei que regulamenta a utilização de agrotóxicos no Brasil e, dentro dela, fala sobre a devolução dessas embalagens em locais adequados e que ela não deve ser usada para armazenamento de alimentos tanto para humanos, como para animais. Toda embalagem de agrotóxico deve ser devolvido ao local indicado na nota fiscal do produto", explicou.

0 visualização0 comentário